Avisos

Non non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on non onono nono nono nonon on.

Atendimento: Segunda à Sexta das 08h00 às 17h00 | (11) 97642-6694

Confira a entrevista que realizamos com dois profissionais que se especializaram para atender às demandas do mercado de FM

O mercado de Facility Management (FM) está em crescimento no Brasil e tem se profissionalizado e especializado a cada dia. As empresas passaram a entender o impacto de uma área capaz de tomar decisões mais estratégicas e que tragam mais qualidade e eficiência para o funcionamento de suas instalações.

É fundamental ter não apenas Facility Managers capacitados, mas também prestadores de serviços que contribuam para o sucesso na gestão de facilities. 95% dos alunos da FS EDUCA são gestores de Facilities - tomadores de serviços – contratantes, porém, há uma parcela de representantes de fornecedores – prestadores de serviços que desejam entender as dificuldades dos profissionais de FM (seus Clientes) para atendê-los melhor.

Neste Dia do Empreendedor convidamos dois alunos, prestadores de serviços, que justamente realizaram cursos para se capacitarem e falarem a mesma “língua” dos Facility Managers.

Eles contaram sobre como iniciaram suas empresas no segmento, o que fizeram para lidar com os desafios trazidos pela pandemia de covid-19 e trouxeram dicas para quem deseja empreender no setor.

Confira as entrevistas!

 

pastedGraphic.png

Fábio Mello é Diretor Executivo na Doctor Limp, empresa especializada no mercado de limpeza em empresas, condomínios, comércios, escritórios e consultórios.

FS EDUCA: Conte um pouco sobre sua trajetória profissional, quando decidiu empreender?

Fábio: Comecei minha carreira com "Facilities" em 1986, ainda naquele período era o "Departamento de Serviços Gerais", onde cuidávamos da limpeza, recepção, manutenção, telefonia, etc.

Costumava-se ficar em uma sala nos fundos das fábricas, pois não era um "setor de tanta importância” ... Aprendi muito no decorrer desses anos, passando por empresas de pequeno, médio e grande porte, como Gestor ou Fornecedor. Com isso aprendi a ter a visão de ambas as partes, conhecendo bem os dois lados.

Decidi empreender em meados de 1998, mas a burocracia e os custos altos no Brasil não permitiram naquele momento. Então fui estudando e conhecendo mais a fundo o que era empreender. Fiz cursos e treinamentos, incluindo com o SEBRAE que me ajudou muito.

Em 2013, vendo que estava preparado e com apoio de minha esposa e incentivadora, fundei a Doctor Limp e desde então estamos em crescimento neste maravilhoso mercado.

FS EDUCA: Quais os principais desafios de empreender no setor de Facility Management?

Fábio: Acho que o maior desafio é o conhecimento. Hoje temos alguns cursos voltados à área, mas muita coisa aprende-se na prática. Também os recursos operacionais, principalmente para a limpeza, demoraram um pouco a chegar ao Brasil. As leis, de um modo geral, também precisam ser atualizadas.

FS EDUCA: Quais adaptações foram necessárias no negócio, diante da pandemia?

Fábio: Os treinamentos, quase que diários, via web, com os colaboradores foram fundamentais para termos alcançando baixíssimos casos de contaminações. 

FS EDUCA: Como você vê o crescimento do mercado hoje, especialmente em relação ao destaque que a área de Facility Management teve na pandemia?

Fábio: Aprendemos muito com a pandemia, vejo o mercado de FM mais forte e reconhecido. Acredito que iremos crescer muito ainda, após este período de recessão pós-pandemia. Os clientes já olham de uma outra forma a importância deste mercado.

FS EDUCA:  Você daria alguma dica para quem busca empreender na área de Facility Management?

Fábio: Sim, buscar conhecimento, principalmente na prática, antes de empreender.

 

pastedGraphic_1.png

Vinícius Almeida é Diretor do Grupo HLA & Real Facilities, empresa especializada na área da Construção Civil, Engenharia Elétrica e Facilities.

FS EDUCA: Conte um pouco sobre sua trajetória profissional, quando decidiu empreender?

Vinícius: Sempre tive como principal inspiração meu pai. Desde criança ele costumava me levar para as obras aos finais de semana, para ver como funcionava e eu adorava acompanhá-lo. Achava fantástico ver como a obra acontecia, desde sua fundação até o acabamento final. E com isso foi despertando em mim uma vontade grande de seguir a área de engenharia e negócios.

A partir dessa vontade comecei a me aprofundar bastante no empreendedorismo. Aprofundei nos cases de sucesso que o empreendedorismo despontou no Brasil e defini que essa seria minha trajetória de vida. Busquei me capacitar, estudei eletroeletrônica, gestão de facilities, empreendedorismo e estou me formando em engenharia elétrica.

Hoje administro, em conjunto com meu pai, o Grupo HLA & Real Facilities, empresa conceituada na área da Construção Civil, Engenharia Elétrica e Facilities, que já está no mercado há mais de dez anos.

FS EDUCA: Quais os principais desafios de empreender no setor de Facility Management?

Vinícius: Trabalhar neste setor é lidar com a expectativa do cliente e ter a capacidade de constante adaptação, onde você consiga desenvolver o seu serviço com a melhor qualidade atendendo à expectativa do cliente e, ao mesmo tempo, que seja saudável para sua corporação. Portanto, o maior desafio desta área é conseguir fazer a conexão de todos esses pontos.

FS EDUCA: Quais adaptações foram necessárias no negócio, diante da pandemia?

Vinícius: No primeiro momento, a pandemia nos causou um choque muito grande. Em março, quando foi decidido fechar o comércio e a indústria, tivemos uma grande incerteza sobre os próximos passos que iriamos tomar e como o mundo reagiria àquele momento tão complexo.

Sabíamos que a forma como lidaríamos com aquela situação seria determinante para o nosso futuro. Realizamos diversas reuniões ao longo do tempo para traçar a melhor estratégia a seguir e com isso redesenhamos todo o modelo de negócio que tínhamos.

Promovemos uma otimização em nossos procedimentos internos eliminando lacunas de produtividade, investindo forte na gestão de fornecedores e renegociando prazos. Na gestão operacional garantimos a prestação de serviços com o mais alto padrão de qualidade e, o mais importante, garantindo a segurança de nossos colaboradores, através de muita informação transmitida e de orientações sobre procedimentos a serem seguidos na execução das atividades. Tudo realizado de acordo com o Ministério do Trabalho, para certificar que tanto nosso colaborador quanto o nosso cliente estivessem seguros.

Através dessas medidas conseguimos enfrentar essa crise, fazendo a manutenção de empregos e garantindo um futuro promissor pela frente. Acredito que hoje o Grupo HLA & Real Facilities se tornou uma empresa mais eficiente do que antes do início desta pandemia. Hoje nós podemos dizer que estamos vencendo e que nunca evoluímos tanto e estivemos tão preparados como instituição.

FS EDUCA: Como você vê o crescimento do mercado hoje, especialmente em relação ao destaque que a área de Facility Management teve na pandemia?

Vinícius: Ao longo dos anos o setor se tornou cada vez mais presente no ambiente empresarial, sendo essencial para o funcionamento sustentável de uma instituição.

Com a chegada da pandemia vemos que a necessidade de contar com um bom Facility Manager foi acentuada. Contar com uma gestão profissional da limpeza de uma corporação sempre foi muito importante. Hoje, vemos que é imprescindível, questão de prioridade. As pessoas querem ter a certeza de que aquele ambiente está totalmente higienizado e seguro para elas frequentarem. Se essa segurança não for transmitida, o usuário não estará confortável e confiante para permanecer naquele espaço.

Ter a certeza de que os frequentadores de determinado local não apresentam sintomas também é extremamente importante para a segurança, portanto é necessário que haja um controle de acesso profissional.

Além disso, realizar a gestão correta dos resíduos que as empresas geram é fundamental para a sustentabilidade ambiental e humana, as empresas precisam desse apoio profissional. Tudo isso faz parte da gestão de facilities.

Vemos que com as pessoas passando mais tempo em casa houve uma exposição maior de fragilidades de seus imóveis e com isso uma procura maior por pequenas reformas, em busca de conforto e adaptação, ou até mesmo famílias partindo em busca de apartamentos maiores. Vemos que mesmo em pandemia esse setor vem sustentando crescimento, impulsionando a manutenção do emprego.

Portanto, acredito muito no potencial de crescimento do setor de FM como um todo e não tenho dúvidas que conforme a área vai crescendo e as empresas entendendo a importância dessa gestão profissional, a sociedade se beneficiará com serviços de maior qualidade.

FS EDUCA:  Você daria alguma dica para quem busca empreender na área de Facility Management?

Vinícius: A mensagem que tenho para passar é que Facility Management se resume em uma única palavra: pessoas. Este é o maior ativo que nosso Grupo tem. Tudo envolve pessoas. Tudo envolve geração de expectativas. Seja a expectativa do seu cliente sobre a qualidade da execução, a respeito das boas condições de trabalho do seu colaborador, ou do cumprimento daquilo que foi acordado.

Por isso é preciso ter empatia e a sensibilidade de se colocar no lugar do próximo e entender o que está acontecendo com aquela pessoa. Ter essa relação é muito importante no empreendedorismo, porque quando se tem seu fornecedor contigo, ao seu lado, o colaborador a todo momento fiel a você e uma ótima relação com seu cliente, você é capaz de enfrentar todos os desafios que o cotidiano apresenta. Portanto, para ter êxito na área de FM é preciso dominar a área de ser humano.

 

Gostou do texto? Compartilhe com sua rede de contatos!